Tuba Livre a todo vapor no Facebook

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Menina de 14 anos morre em Bangladesh ao receber 80 chibatadas

image

Na minha opinião, toda religião tem sempre uma certa dose de intolerância e ignorãncia, seja lá qual for, em maior ou menor grau. Porém, algumas se superam e tornam a sociedade um circo de horrores, como demonstra esta notícia que até me dá raiva de ler:

Uma adolescente de 14 anos morreu após ter recebido 80 chibatadas em Bangladesh, como punição por ter tido um relacionamento com um primo que era casado.

A sentença tinha sido decretada por um tribunal religioso na cidade em que a jovem vivia, Shariatpur, no sudoeste do país, a 56 quilômetros da capital, Daca.

Hena Begum foi acusada de ter mantido uma relação sexual com seu primo de 40 anos de idade, que era casado. Ele também foi condenado a receber cem chibatadas, mas conseguiu fugir.

A adolescente desmaiou enquanto recebia as chibatadas e chegou a ser levada para um hospital local, mas não resistiu aos ferimentos, morrendo seis dias após ter sido internada.

O caso teve grande repercussão no país e provocou protestos de moradores de Shariatpur. Há relatos na mídia de Bangladesh de que Hena, na verdade, foi raptada e estuprada pelo primo.

LEIA MAIS: clique aqui.

Amigo leitor, o que você gostaria de fazer com os integrantes desse “Tribunal” de assassinos estúpidos?

2 comentários:

  1. Se ela foi estuprada ou não,o fato é um absurdo!

    É muita ignorância!

    ResponderExcluir
  2. Religião tem tudo a ver com intolerância.

    ResponderExcluir

 
▲ TOPO ▲