Tuba Livre a todo vapor no Facebook

domingo, 4 de julho de 2010

Apogeu Express - CQC, Copa do Mundo, Merenda Escolar

Danilo Gentili é agredido por policiais

Danilo Gentili, repórter do CQC é agredido por policiais durante gravação de um quadro do “Proteste Já”, em que pais de alunos de uma escola em São Bernardo do Campo reclamavam da insegurança da mesma, por estar próximo a um barranco que ameaça a desabar a qualquer momento. A agressão, lógico, foi totalmente gratuita, e o repórter sofreu luxações graves, ao que o prefeito da cidade acusou de forjadas, e negou o ocorrido, apesar de se comprometer a resolver o problema da escola.

É isso que a gente está pagando nesse país. Os políticos, que são nossos funcionários, pagos com nosso dinheiro, fazem o que bem entendem, por que se acham donos de qualquer porcaria de algo que administram. O prefeito acha que a prefeitura é dele. Os vereadores, que a Câmara é deles. Os diretores escolares pensam que as escolas são deles. Se colocar um mendigo para tomar conta de um poste na rua, ele vai achar que é dono do poste, e vai se achar no direito de quebrar a lâmpada quando bem entender.

Fim da copa para o Brasil

Fim de mais um escape da alienação capitalista. Alienação se cura com alienação. E, agora que a copa acabou para o Brasil, tristes ou contentes, os brasileiros voltarão às suas vidas normais. Só um pouco desnorteados sem algo para dar sentido às suas vidas, já que a realidade é tão difícil, até para entendê-la. Mas tem as novelas, e os programinhas sensacionalistas até o próximo grande entretenimento em massa.

Agora vamos, e venhamos. Os jogadores brasileiros, que nasceram jogando bola, é tudo o que fizeram na vida, perder para os holandeses, que tiveram uma infância saudável, foram para a escola, estudaram... Como pode isso!?

Pais reclamam a falta da merenda escolar em São Luís, MA

Pais de alunos de uma escola pública de São Luís reclamam da falta de merenda escolar. Segundo um dos pais, a merenda recebida na escola era a única refeição do filho; seria “o almoço e a janta” ao mesmo tempo.

Acho que ele pensou que esse detalhe daria mais peso na denúncia! Deveria era ter vergonha de dizer que não alimenta o filho. Merenda escolar é obrigação do Estado, como complemento alimentar dos estudantes; não substitui as refeições básicas. “Ah, mas ele não tem condições, é pobre, coitado!” Então não bota filho no mundo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
▲ TOPO ▲