Tuba Livre a todo vapor no Facebook

domingo, 31 de janeiro de 2010

Empresas dividindo lucro?


Empresas dividindo lucros?
Freud explica... e Darwin também!



Cuidado!

Esse post é de caráter político-econômico.
Não é recomendado a:
pessoas com orientação política de direita,
pessoas com má formação educacional,
pessoas de nível mental inferior,
acéfalos em geral.
Se você corresponde a algumas das características acima,
passe para o próximo post, que possui uma leitura mais acessível
é engraçadinho, e tooooodo mundo gosta!

Sem papo de esquerdista de plantão, vamos falar sério:

Há uma proposta de tornar obrigatório o pagamento, por empresas brasileiras, de participação nos lucros a seus empregados, lançada no Fórum Social Mundial deste ano. O projeto, que obrigaria as empresas a dar 5% do lucro líquido aos empregados, considero mais que justo. Se uma empresa cresceu tantos por cento, teve seus lucros aumentados, não conseguiu isso sozinha; teve a contribuição, os esforços de seus funcionários. Por que, então, por direito, eles não teriam participação no lucro? Representantes dos empresários já se pronunciaram totalmente contra o projeto [lógico], dizendo que isso resultaria em inflação, desemprego e recessão.
E o pior é que eles têm razão. Não por que isso seja uma ordem natural das coisas. O que acontecerá é que, se a proposta for transformada em lei, eles farão boicotes vários, desestabilizando a economia e, por tabela, o governo que aprovou a lei.


Tipo assim: "Ah! Vamos ter que dar 5% dos nossos lucros aos empregados?! Pois bem, então reduza o quadro dos funcionários em 50% e eleve os preços das mercadorias em 100%. Quando a inflação e a taxa de desemprego subirem assustadoramente, o lulinha vai beijar os nossos pés!"

Vamos falar sério! Quem manda no mundo são os grandes empresários e pronto!
A favor deles quase tudo; contra eles quase nada!

Porém, isso só acontece porque há uma tendência do ser humano dominado (a maioria) em acreditar cegamente nos seus líderes.

Freud explica... e Darwin também!



Colaboração do Professor Tuba; do blog Tuba Física e do meme Tuba Livre.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
▲ TOPO ▲